Please reload

© 2017 SWEET CAROLINE

Desing e programação por

Categorias:

Cinta pós-parto: conheça os benefícios dessa cinta modeladora e saiba como usar

04.04.2019

Algumas de vocês acompanharam os meus relatos sobre cada um dos trimestres da gravidez e a minha tentativa de transmitir ao máximo como é a tão famigerada maternidade real. A realidade é que ninguém nasce sabendo ser mãe. E após recebermos a notícia de que um novo integrante se aproxima, as dúvidas só aumentam!

 

Passam-se os nove meses, nosso pacotinho cheio de amor finalmente está em nossos braços, mas novas questões continuam surgindo. Para cuidar da recuperação após a chegada do bebê, uma das principais questões é sobre o uso da cinta pós-parto, um modelo de roupa modeladora que costuma auxiliar as mamães no período posterior à gravidez.

 

A seguir, vou explicar um pouquinho melhor sobre como funcionam essas peças. Vamos lá?

 

A cinta pós-parto é uma peça de roupa muito utilizada pelas mulheres após o nascimento do bebê porque comprime, sustenta e modela a região abdominal e lombar - também sendo possível encontrar modelos que apresentam resultados sobre outras partes do corpo. Elas possuem variadas modelagens e são feitas de materiais diferentes, como algodão ou microfibra. Podendo ser muito confortável, essa roupa modeladora não é vantajosa só do ponto de vista estético, mas também pode ser útil para corrigir a postura e dar estabilidade às costas no período puerperal.

 

Embora seja possível utilizá-la para desfrutar de uma série de benefícios, é fundamental fazê-lo de uma forma saudável. Isto é, para as mamães que desejam recuperar o corpo que tinham antes da gravidez usando uma cinta pós-parto, é indicado consultar o seu ginecologista para entender quando e como você pode utilizar o produto e qual o melhor modelo para o seu caso. Isso porque, apesar de possuir uma série de vantagens, esses modelos também possuem algumas restrições e indicações de uso.

 

Antes de começar a usar a cinta pós-parto, você deve esperar algum tempo após o nascimento do bebê. As cintas modeladoras não devem ser utilizadas imediatamente após o parto. A gente te explica o porquê: depois do parto, o útero, os músculos abdominais e os órgãos internos são realocados na sua posição anterior à gestação. Para auxiliar nessa volta ao estágio inicial do corpo, é fundamental dar uma dose extra de atenção à alimentação e a uma rotina de exercícios leves, deixando que o corpo conclua essa etapa de retorno de forma natural e saudável.

 

Depois de esperar esse tempinho para deixar a “casa em ordem”, você pode começar a pesquisar sobre qual é o melhor modelo para você. Isso porque o que não falta é variedade quando o assunto é cinta modeladora pós-parto Em geral, uma boa opção é escolher os modeladores pós-parto que agem a nível abdominal e lombar, mas não afetam a virilha. Assim, se houve pontos na área, eles não vai apertar e nem alterar a cicatrização da região.

 

Levando em conta essas considerações, fica muito mais fácil aproveitar os aspectos positivos que essa peça pode oferecer. A dica de ouro é: descubra qual é a forma mais saudável e apropriada de fazer uso dessa peça, sempre consultando seu ginecologista antecipadamente.

 Como usar a cinta pós-parto

 

Geralmente, não é recomendado usar a cinta modeladora no puerpério, sendo melhor esperar até o final da quarentena e usá-la por não mais do que três meses. Essas são geralmente as indicações mais comuns, apesar de existirem alguns ginecologistas não veem qualquer inconveniente em usá-la imediatamente no período pós-parto. No entanto, a recomendação geral da maior parte dos profissionais é que se espere ao menos cerca de dez dias e que no começo se use apenas por algumas horas, aumentando o tempo pouco a pouco.

 

O mais importante é manter os músculos abdominais ativos por conta própria para recuperar a área e também o assoalho pélvico corretamente. Fisiologicamente, toda essa estrutura irá restaurar sua função e tonicidade apropriada de forma natural. Para isso, além de atividades diárias básicas do dia a dia é recomendado fazer passeios ao ar livre ou começar um novo esporte como natação ou pilates, por exemplo.

 

De modo geral, o uso das cintas pós-parto é algo complementar. Ou seja, um uso pontual pode ser positivo, mas seu prolongado "abuso" por muito tempo é um problema para a sua recuperação muscular.

 

 Uso da cinta modeladora em diferentes tipos de parto

 

O uso da cinta pós-parto varia significativamente de acordo com o tipo de nascimento do bebê: parto normal ou cesárea. Lembre-se que em um parto vaginal, que é muito mais natural, o útero volta mais facilmente ao seu estado normal.  Já no caso de uma cesárea, o procedimento cirúrgico demanda maior tempo de recuperação e também maior cuidado com os pontos.

 

Portanto, é preciso escolher muito bem o tipo de cinta para cada caso e o momento adequado de recorrer a ele. Após o parto vaginal, o uso da cinta pós-parto pode ser iniciado um pouco antes do final do período de quarentena, de preferência usando o tipo tubular.

 

Por outro lado, após a cesariana não é recomendado usar a cinta pós-parto até depois do fim da quarentena, permitindo que o útero retorne a sua posição inicial de uma forma fisiológica. Quanto ao tipo ideal, nesse caso, não há restrições em relação ao melhor modelo de cinta compressora.

 

Por fim, além de ajudar a mulher a se recuperar melhor após o parto, as cintas modeladoras oferecem mais conforto e segurança para a região lombar, corrigindo a postura e dando estabilidade.

 

 

Se você é uma recém-chegada no clube das mamães, acho que vale a pena conhecer essa opção mais de perto para dar aquele up nos visuais e descobrir mais conforto e praticidade durante a sua recuperação. Depois de conhecer um pouquinho mais sobre esse item, basta escolher qual a melhor cinta-pós parto para o seu perfil. Não se esqueça de sempre fazer um acompanhamento com um especialista, que irá te orientar sobre os períodos de uso, garantindo sua saúde e bem-estar.

 

Please reload

Carol Machado, 26 anos, mãe do Noah, taurina com ascendente em câncer. Publicitária por escolha e artesã por amor, apaixonada por fotografia, boa música, e passar o dia assistindo filmes e comendo muito chocolate. Viciada em  séries, livros, desenhos e animes, jedi em treinamento e ainda aguardando a carta de Hogwarts.

Redes Sociais

Docenewsletter

Please reload

Recentes

Roupa infantil: dicas de como escolher...

Dicas para montar looks com saia midi...

Freebie: Planner diário

Aplicativos para organizar o feed do I...

1/2
Please reload